+351 273 331 826 |

Belezas do Báltico e Helsínquia

Data

Válido até: 31/Out/2022

Preço

Desde: 1491€

Operador



O ouro do Báltico é a melhor forma de designar a riqueza deste circuito que nos oferece uma amostra das jovens capitais bálticas. As capitais Bálticas, e a sua da vizinha Rússia, esforçam-se por se emanciparem, revelando personalidade própria e fazendo relatos de tempos lendários. Cidades e povos bem simpáticos, belos castelos, lagos, palácios e com uma arquitectura de arte nova que surpreende. E não podemos esquecer-nos de Helsínquia, também conhecida como "A Filha do Báltico".
Inclui:

Passagem aérea em classe económica para percurso Porto ou Lisboa / Cidade de Ligação / Vilnius – Helsínquia / Cidade de Ligação / Lisboa ou Porto, em voos regulares, com direito ao transporte de 20 Kg de bagagem (1 mala);

Transporte do aeroporto ao hotel e vice-versa;

9 Noites de alojamento em hotéis de 4* incluindo o pequeno-almoço;

Todas as visitas mencionadas no itinerário acompanhadas por guias locais falando espanhol;

Todas as entradas mencionadas no programa;

Todos os impostos aplicáveis;

Taxas de aeroporto e combustível;

Seguro Multiviagem PVFM2K+COVID19 OT+CIV B.



Não Inclui:

1º Dia – PORTO ou LISBOA / VILNIUS   
Comparência no aeroporto 120 minutos antes da hora prevista para a partida. Formalidades de embarque e partida em voos regulares com destino a Vilnius, via uma cidade de ligação. Chegada, receção e transporte para o Hotel Radisson Blu Lietuva (4*) ou similar. Alojamento.

2º Dia – VILNIUS
Pequeno-almoço no hotel. De manhã visita panorâmica da capital da Lituânia, fundada em 1323 pelo Grão-Duque Gediminas. A cidade foi durante séculos uma encruzilhada de caminhos e entreposto comercial. Por ela passaram os comerciantes de Hansa, assim como diferentes povos invasores que ocuparam o país ao longo da sua história: alemães, polacos, suecos, russos… Vilnius foi também quartel-general dos exércitos franceses de Napoleão quando este tentou invadir a Rússia. Esta influência multicultural deixou as suas marcas tanto ao nível da arquitetura da cidade, como na diversidade das suas igrejas, ortodoxas, católicas e protestantes. Durante a visita panorâmica poderá admirar o magnífico bairro antigo, a Catedral de Vilnius, a Igreja de Pedro e Paulo, a Igreja de Santa Ana, a Universidade fundada em 1579, uma das mais antigas da Europa de Leste, a Torre do Castelo de Gediminas e a Porta de Alba. De tarde poderá optar por participar numa excursão opcional a Trakai, a capital medieval da Lituânia, com o Castelo de Trakai, localizado numa ilha no meio do Lago Galve. Alojamento.

3º Dia – VILNIUS / SIAULIAI / RUNDALE / RIGA
Após o pequeno-almoço no hotel, saída em direção a Siauliai para se visitar a misteriosa “Colina das Cruzes”, onde os peregrinos se deslocavam para colocar as suas cruzes e terços, desde o séc. XIV, como sinal de identidade religiosa e nacional. Continuação da nossa viagem. Após a passagem da fronteira com a Letónia, chegaremos a Rundale. Visita ao Palácio de Rundale, construído em 1740 por Bartolomeu Rastrelli, principal arquiteto de São Petersburgo, por ordem do Duque da Curlândia, Ernest Johann Von Biron. É um belíssimo exemplo de estilo barroco, hoje em dia usado pelas autoridades do país para alojar chefes de Estado estrangeiros. Chegada a Riga e alojamento no Hotel Radisson Blu Latvija (4*) ou similar.

4º Dia – RIGA
Pequeno-almoço no hotel. Durante a manhã visita panorâmica da capital da Letónia, a maior e mais cosmopolita das 3 capitais bálticas. Situada nas margens do rio Daugava ou Dvina, a 10km do mar Báltico, Riga foi fundada pelo arcebispo de Bremen, Albert Von Buxhoeveden, chegado aqui em 1201, à frente de um exército para converter à força as tribos bálticas ao cristianismo. Após a sua ocupação pelo czar Pedro “o Grande” em 1721, Riga sofreu um grande desenvolvimento económico, chegando a ser a terceira cidade do Império Russo. Depois de um breve período de independência (1920-1940), Riga foi incorporada na União Soviética juntamente com as 3 repúblicas bálticas. Capital da Letónia independente desde 1991, a cidade recuperou o seu antigo esplendor. As suas calçadas, perfeitamente conservadas, preservando o ambiente medieval que a caracteriza. Visita do Castelo de Riga; da Catedral de Domo, a maior dos países bálticos, joia gótica construída em 1211; a Igreja de São Pedro; os Portões Suecos; as Casas dos Grémios; e o Monumento à Liberdade. De tarde poderá optar por uma excursão opcional Jurmala, região costeira com as belíssimas praias de areia fina e famosa pela sua típica e particular arquitetura em madeira. Alojamento.

5º Dia – RIGA
Pequeno-almoço no hotel. Hoje é dada a possibilidade de descobrir a Letónia medieval participando na excursão opcional a Sigulda, preciosa cidade situada no Parque Nacional Vale de Gauja, um dos mais belos locais da Europa Central. Visita do Parque de Gauja, fundado em 1973 para proteger a excecional beleza da região; do Castelo de Turaida, construído em 1214, sobrevivente de numerosas guerras, incêndios e destruições. Continuação da viagem com visita das misteriosas grutas de Gutmanis. Regresso ao hotel e tarde livre. De tarde recomendamos a visita ao Museu do Motor. Alojamento.

6º Dia – RIGA / TALLINN
Pequeno-almoço no hotel. Partida em direção à cidade costeira de Parnu, situada 130km a sul de Tallinn, na foz do rio Parnu, nas margens do mar Báltico, e conhecida como a “capital de verão” da Estónia devido à sua grande animação durante o período estival. O resto do trajeto até Tallinn será por entre os bosques verdejantes do norte da Estónia. Chegada a Tallinn e alojamento no Hotel Radisson Blu Olympia (4*) ou similar.

7º Dia – TALLINN
Pequeno-almoço no hotel. De manhã, visita panorâmica da capital da Estónia. Ainda que haja vestígios de civilização desde o segundo milénio AC, a cidade foi oficialmente fundada em 1219 pelos invasores dinamarqueses, o que explica o seu nome, que em estónio significa “cidade de dinamarqueses”. Seguiram-se os cavaleiros teutónicos, de origem alemã, cujos descendentes configuraram o principal núcleo de população até finais do séc. XIX. Apesar de fazer parte da Suécia a partir de 1561 e da Rússia a partir de 1710, a maioria da população continuava a ser alemã, o que influenciou tanto na arquitetura como na religião, maioritariamente luterana. Após a independência, recuperada em 1991, a cidade foi restaurada e é atualmente uma das mais belas capitais europeias. Admiraremos o bairro antigo medieval, declarado Património da Humanidade pela UNESCO, dividido em 3 zonas: Toompea, ou a “colina da catedral”; a Cidade Velha; e a Cidade Estónia. Apreciaremos a beleza imponente da Catedral ortodoxa Alexander Nevsky, construída em 1900; do Castelo de Toompea, sede do Parlamento estónio; e da Catedral luterana de Toomkirk, de 1233. De tarde poderá optar por participar numa visita opcional ao Parque de Kadriorg e a Kumu, o novo Museu de Arte da Estónia. Alojamento.

8º Dia – TALLINN / HELSÍNQUIA
Pequeno-almoço no hotel. Manhã livre em Tallinn, que poderá ocupar com a excursão opcional ao Parque Nacional e Lahemaa, situado no norte da Estónia, a cerca de 70 Km de Tallinn. Passeio neste interessante parque, com cerca de 72.500 hectares e criado em 1971. Visita à Mansão Palmse, o memorial à família von Pahlen, a Mansão Sagadi e a Mansão Vihula, do séc. XVI. Tempo livre para almoço (não incluído) e regresso a Tallinn. Em hora a indicar localmente transporte para o porto para embarcar no ferry com destino a Helsínquia e desfrutar da viagem através do Mar Báltico até à capital da Finlândia. Chegada, desembarque e transporte para o Hotel Radisson Blu Seaside (4*) ou similar. Resto da tarde livre. Alojamento.

9º Dia – HELSÍNQUIA
Pequeno-almoço no hotel. De manhã, visita panorâmica da capital Finlandesa, também conhecida como “A Filha do Báltico”. Destaque para a zona circundante do porto, a avenida central de Mannerheim, o edifício do Parlamento, a Praça Finlândia, o Monumento de Sibelius e a Igreja Temppeliaukio, conhecida por “Igreja de Pedra”, por ser escavada na rocha (entrada interdita durante as cerimónias religiosas). De tarde poderá optar por participar numa excursão opcional à Fortaleza de Suomenlinna, tesouro cultural cuja construção se iniciou no séc. XVIII, como fortaleza marítima. Situada numa ilha, a fortaleza é uma atração única para os visitantes. Alojamento.

10º Dia – HELSÍNQUIA / LISBOA ou PORTO
Pequeno-almoço no hotel. Em hora a indicar localmente transporte para o aeroporto. Formalidades de embarque e saída em voos regulares com destino a Lisboa ou Porto, via uma cidade de ligação. Chegada a Portugal ao final do dia.

FIM DA VIAGEM
 






Subscreva a nossa newsletter e receba as melhores ofertas e promoções

Consulte aqui alguns Sites e Informações úteis

Caso deseje esclarecer dúvidas peça mais Informações

Em cumprimento da lei nº 144/2015 informamos que para a resolução de conflitos de consumo deve ser contactada a comissão arbitral do Turismo de Portugal www.turismodeportugal.pt