+351 273 331 826 |

Países Bálticos e Rússia

Data

Válido até: 30/Set/2022

Preço

Desde: 2499€

Operador



As capitais Bálticas, e a sua da vizinha Rússia, esforçam-se por se emanciparem, revelando personalidade própria e fazendo relatos de tempos lendários. Cidades e povos bem simpáticos, belos castelos, lagos, palácios e com uma arquitectura de arte nova que surpreende. Já na vizinha Rússia, se Moscovo é extravagante e por vezes impessoal, com exceção para a Praça Vermelha, o Teatro Bolshoi e outros pontos, já São Petersburgo é sublime na sua beleza arquitectónica de finos traços e belas formas, expressas nos seus Palácios. Visto Obrigatório
Inclui:

Passagem aérea em classe económica para percurso Porto ou Lisboa / Cidade de Ligação / Vilnius – Moscovo / Cidade de Ligação / Lisboa ou Porto, em voos regulares, com direito ao transporte de 20 Kg de bagagem (1 mala);

Transporte do aeroporto ao hotel e vice-versa;

15 Noites de alojamento em hotéis de 4* (3*Sup em Suzdal) incluindo o pequeno-almoço;

10 Refeiçõed (8 Almoços + 2 Jantares);

Todas as visitas mencionadas no itinerário acompanhadas por guias locais falando espanhol;

Todas as entradas mencionadas no programa;

Todos os impostos aplicáveis;

Taxas de aeroporto e combustível;

Seguro Multiviagens Rússia PVFM3K+COVID19 OT+CIV B.



Não Inclui:

1º Dia – PORTO ou LISBOA / VILNIUS   
Comparência no aeroporto 120 minutos antes da hora prevista para a partida. Formalidades de embarque e partida em voos regulares com destino a Vilnius, via uma cidade de ligação. Chegada, receção e transporte para o Hotel Comfort Choice LT (4*) ou o Hotel Holiday Inn Vilnius (4*) ou similar. Alojamento.

2º Dia – VILNIUS
Pequeno-almoço no hotel. De manhã visita panorâmica da capital da Lituânia, fundada em 1323 pelo Grão-duque Gediminas. A cidade foi durante séculos uma encruzilhada de caminhos e entreposto comercial. Por ela passaram os comerciantes de Hansa, assim como diferentes povos invasores que ocuparam o país ao longo da sua história: alemães, polacos, suecos, russos… Vilnius foi também quartel-general dos exércitos franceses de Napoleão quando este tentou invadir a Rússia. Esta influência multicultural deixou as suas marcas tanto ao nível da arquitetura da cidade, como na diversidade das suas igrejas, ortodoxas, católicas e protestantes. Durante a visita panorâmica poderá admirar o magnífico bairro antigo, a Catedral de Vilnius, a Igreja de Pedro e Paulo, a Igreja de Santa Ana, a Universidade fundada em 1579, uma das mais antigas da Europa de Leste, a Torre do Castelo de Gediminas, a famosa Porta Aurora e Galeria de Âmbar. Almoço em restaurante. De tarde poderá optar por participar numa excursão opcional a Trakai, a capital medieval da Lituânia, com o Castelo de Trakai, localizado numa ilha no meio do Lago Galve. Alojamento.

3º Dia – VILNIUS / SIAULIAI / RUNDALE / RIGA
Após o pequeno-almoço no hotel, saída em direção a Siauliai para se visitar a misteriosa “Colina das Cruzes”, onde os peregrinos se deslocavam para colocar as suas cruzes e terços, desde o séc. XIV, como sinal de identidade religiosa e nacional. Almoço em restaurante local. Continuação da nossa viagem. Após a passagem da fronteira com a Letónia, chegaremos a Rundale. Visita ao Palácio de Rundale, construído em 1740 por Bartolomeu Rastrelli, principal arquiteto de São Petersburgo, por ordem do Duque da Curlândia, Ernest Johann Von Biron. É um belíssimo exemplo de estilo barroco, hoje em dia usado pelas autoridades do país para alojar chefes de Estado estrangeiros. Chegada a Riga e alojamento no Hotel Tallink Riga (4*) ou no Hotel Wellton Spa & Conference (4*) ou no Hotel Monika Centrum (4*) ou similar.

4º Dia – RIGA
Pequeno-almoço no hotel. Durante a manhã visita panorâmica da capital da Letónia, a maior e mais cosmopolita das 3 capitais bálticas. Situada nas margens do rio Daugava ou Dvina, a 10km do mar Báltico, Riga foi fundada pelo arcebispo de Bremen, Albert Von Buxhoeveden, chegado aqui em 1201, à frente de um exército para converter à força as tribos bálticas ao cristianismo. Após a sua ocupação pelo czar Pedro “o Grande” em 1721, Riga sofreu um grande desenvolvimento económico, chegando a ser a terceira cidade do Império Russo. Depois de um breve período de independência (1920-1940), Riga foi incorporada na União Soviética juntamente com as 3 repúblicas bálticas. Capital da Letónia independente desde 1991, a cidade recuperou o seu antigo esplendor. As suas calçadas, perfeitamente conservadas, preservando o ambiente medieval que a caracteriza. Visita do Mercado Central de Riga, o maior dos Países Bálticos. Continuação pela zona das avenidas do centro de Riga, onde poderemos ver numerosos edifícios e monumentos, como a Torre do Arsenal, o Teatro Nacional, os edifícios Art Noveau, o Monumento à Liberdade, a Casa da Opera e a Universidade. Visita da Catedral de Domo, a maior dos países bálticos, joia gótica construída em 1211. Almoço em restaurante. De tarde poderá optar por uma excursão opcional Jurmala, região costeira com as belíssimas praias de areia fina e famosa pela sua típica e particular arquitetura em madeira. Alojamento.

5º Dia – RIGA / SIGULDA / TURAIDA / GUTMANIS / PARNU / TALLINN
Pequeno-almoço no hotel. Hoje é dada a possibilidade de descobrir a Letónia medieval. Saída em direção a Sigulda, preciosa cidade situada no Parque Nacional Vale de Gauja, um dos mais belos locais da Europa Central. Visita do Parque de Gauja, fundado em 1973 para proteger a excecional beleza da região; do Castelo de Turaida, construído em 1214, sobrevivente de numerosas guerras, incêndios e destruições. Continuação da viagem com visita das misteriosas grutas de Gutmanis e ao Parque Daina. Almoço em restaurante. Partida em direção à cidade costeira de Parnu, situada 130km a sul de Tallinn, na foz do rio Parnu, nas margens do mar Báltico, e conhecida como a “capital de verão” da Estónia devido à sua grande animação durante o período estival. O resto do trajeto até Tallinn será por entre os bosques verdejantes do norte da Estónia. Chegada a Tallinn e alojamento no Hotel Kalev Spa (4*) ou no Hotel Sokus Viru (4*) ou similar.

6º Dia – TALLINN
Pequeno-almoço no hotel. De manhã, visita panorâmica da capital da Estónia. Ainda que haja vestígios de civilização desde o segundo milénio AC, a cidade foi oficialmente fundada em 1219 pelos invasores dinamarqueses, o que explica o seu nome, que em estónio significa “cidade de dinamarqueses”. Seguiram-se os cavaleiros teutónicos, de origem alemã, cujos descendentes configuraram o principal núcleo de população até finais do séc. XIX. Apesar de fazer parte da Suécia a partir de 1561 e da Rússia a partir de 1710, a maioria da população continuava a ser alemã, o que influenciou tanto na arquitetura como na religião, maioritariamente luterana. Após a independência, recuperada em 1991, a cidade foi restaurada e é atualmente uma das mais belas capitais europeias. Admiraremos o bairro antigo medieval, declarado Património da Humanidade pela UNESCO, dividido em 3 zonas: Toompea, ou a “colina da catedral”; a Cidade Velha; e a Cidade Estónia. Apreciaremos a beleza imponente da Catedral ortodoxa Alexander Nevsky, construída em 1900; do Castelo de Toompea, sede do Parlamento estónio; da Catedral luterana de Toomkirk, de 1233; do Museu de Arte da Estónia; e do Kiek-in-de-Kok, torre-museu construída em 1475. Almoço em restaurante. De tarde poderá optar por participar numa visita opcional ao Museu Etnográfico ao ar livre “Rocca-al-Mare”. Alojamento.

7º Dia – TALLINN
Pequeno-almoço no hotel. Dia inteiramente livre que poderá optar por participar numa excursão opcional a Helsínquia, capital da Finlândia desde 1812. Alojamento.

8º Dia – TALLINN / SÃO PETERSBURGO
Pequeno-almoço no hotel. De manhã transporte em autocarro regular com destino a São Petersburgo. Chegada, receção e transporte para o Hotel Kravt Nevsky (4*) ou similar. Alojamento.

9º Dia – SÃO PETERSBURGO   
Pequeno-almoço no hotel. São Petersburgo, antiga capital dos Czares, foi criada por Pedro “o Grande”, no séc. XVIII, para rivalizar com Veneza. Construída sobre as ilhas do delta do rio Neva, a “Veneza do Norte” é um sonho para os amantes da arte. De manhã, visita panorâmica de São Petersburgo, a segunda cidade da Rússia e certamente uma das mais belas do mundo, com especial destaque para o centro histórico e seus principais monumentos: a Avenida Nevsky; os Palácios Anitchkov, Sroganov e Belozersky; a Igreja de São Salvador; o antigo Palácio de Inverno, transformado no Museu Hermitage; a Catedral de Santo Isaac; ou a Catedral de São Nicolau. Visita da Fortaleza de Pedro e Paulo, com o panteão dos czares. Antes do regresso ao hotel ainda haverá oportunidade para se visitar uma das mais bonitas catedrais da cidade, a Catedral Ortodoxa de Kazan. Resto da tarde livre. A tarde aconselhamos um passeio opcional de barco no rio Neva e seus canais. Alojamento.

10º Dia – SÃO PETERSBURGO   
Pequeno-almoço no hotel. De manhã, visita ao Museu Hermitage. O magnífico Museu Hermitage é a atração principal de São Petersburgo. Ele está localizado no Palácio de Inverno, antiga residência dos czares, e em três outros edifícios adjacentes ao longo do rio Neva. O Hermitage é o maior museu da Rússia e um dos mais importantes do mundo, que alberga importantes coleções de Gauguin, Matisse, Van Gogh e Picasso. De seguida, partida para Petrodvorets, antiga residência dos czares em São Petersburgo, conhecida pelas inúmeras fontes e construções. O Palácio de Petergof foi construído durante o reinado de Pedro I, a cerca de 29 Km de São Petersburgo, no início do séc. XVIII. Em redor do palácio criaram majestosos jardins, composto pelo Parque Superior e Parque Inferior. De tarde aconselhamos a visita opcional ao Palácio Yusupov, situado nas margens do rio Moika. Trata-se de um monumento histórico e arquitetónico dos finais do séc. XIX. Alojamento.

11º Dia – SÃO PETERSBURGO / NOVGOROD / VALDAY / TVER
Pequeno-almoço no hotel. De manhã, partida para Novgorod, cidade pitoresca que foi um dos mais importantes e ricos centros da Rússia. Visita panorâmica da cidade com destaque para o seu Kremlin, a Catedral de Santa Sofia, uma das mais antigas da Rússia, construída no séc. XI. Almoço em restaurante. De tarde, continuação da viagem para Valday, cidade conhecida pelo famoso mosteiro de Iversky, fundado em 1653, e que se encontra numa das ilhas do Lago Valday. Após a visita seguimos para Tver, importante centro industrial localizado na confluência dos rios Volga e Tveritsa. Chegada e transporte ao Hotel Osnabruk (4*) ou similar. Jantar e alojamento no hotel.

12º Dia – TVER / SERGUIEV POSAD / SUZDAL
Após o pequeno-almoço no hotel, breve visita panorâmica da cidade de Tver. De seguida partida para Klin, cidade onde viveu o famoso compositor Tchaikovsky. A sua residência foi convertida em museu. Foi aqui que o compositor criou as suas famosas obras de ballet “A Bela Adormecida” e “O Quebra-Nozes”. Saída em direção a Serguiev Posad, situada a cerca de 70 km a nordeste da capital russa, e uma das cidades que compõem o denominado “Anel Dourado”. Visita a Serguiev Posad, com o Mosteiro da Trindade, construído no séc. XIV e considerado como o centro espiritual mais importante da Rússia. Almoço em restaurante. De tarde, continuação da viagem para Suzdal, a mais bonita das cidades do denominado “Anel Dourado”. Chegada e transporte para o Hotel Mirros Suzdal (3*Sup) ou similar. Jantar e alojamento.

13º Dia – SUZDAL / VLADIMIR / MOSCOVO
Após o pequeno-almoço no hotel, visita panorâmica de Suzdal, cidade considerada uma obra-prima da arquitetura medieval russa, com um maravilhoso conjunto de 200 monumentos, tanto religiosos como civis. Destaque para o seu Kremlin, o Mosteiro de São Eufémio, o Museu da Arquitetura de Madeira e a Igreja da Transfiguração. Almoço em restaurante. De tarde visita de Vladimir, cidade fundada em 990 por Vladimir “O Grande”, padre da Igreja Ortodoxa Russa, e que foi capital da Rússia até à invasão dos mongóis em 1238. Hoje em dia é uma das mais fascinantes cidades do denominado “Anel Dourado”. Após a visita de Vladimir partida para a capital russa. Chegada e alojamento no Hotel Holiday Inn Lesnaya (4*) ou similar.

14º Dia – MOSCOVO
Pequeno-almoço no hotel. Moscovo, capital da Rússia, é uma cidade antiga, mas sempre jovem, com muitas facetas e, ao mesmo tempo, só uma. Cidade que cresce e se transforma a olhos vistos, sem perder a sua autenticidade de cidade russa. De manhã, visita panorâmica da cidade com destaque para a Praça Vermelha, onde na época soviética se comemorava a Revolução Socialista de Outubro e a vitória na Segunda Guerra Mundial. Assim como outros monumentos, catedrais e avenidas da capital russa. Visita à Catedral de Cristo Salvador, onde se subirá ao seu miradouro para desfrutar da magnífica vista do centro de Moscovo. Após a visita regresso ao hotel. De tarde aconselhamos a visita opcional ao famoso metro de Moscovo, verdadeiro “Palácio Subterrâneo”. Todas as suas estações são de uma limpeza extrema e algumas delas de uma sumptuosa riqueza. Inaugurado em 15 de maio de 1935 pelo poder soviético como símbolo do progresso tecnológico e industrial do sistema político. Alojamento.

15º Dia – MOSCOVO
Pequeno-almoço no hotel. De manhã, visita ao Kremlin e suas Catedrais. A palavra “Kremlin” significa fortaleza em russo. Na antiga Rússia, em todas as cidades de importância era erguida uma fortaleza dentro da qual ficava o centro militar, civil e religioso, assim como as principais igrejas e catedrais. A de Moscovo é a mais importante do país e foi declarada Património da Humanidade pela UNESCO. Destaque para o Palácio do Arsenal, com 875 canhões; o Palácio do Senado; o Teatro do Kremlin; o Palácio do Congresso; o Canhão Czar, nunca utilizado, mas o maior do mundo; as Catedrais de Arcanjo São Miguel, a dos Doze Apóstolos e a da Assunção, a mais elegante e representativa com cúpulas em forma de bolbo. Visita à Armaria, com coleções de joias e armas da coroa russa. Após a visita regresso ao hotel. De tarde aconselhamos um passeio opcional de barco no rio Moscova, ótima maneira para apreciar os magníficos edifícios nas margens, ou em alternativa assistir ao circo de Moscovo, ou a um espetáculo folclórico. Alojamento.

16º Dia – MOSCOVO / LISBOA ou PORTO
Pequeno-almoço no hotel. Em hora a indicar localmente transporte para o aeroporto. Formalidades de embarque e saída em voos regulares com destino a Lisboa ou Porto, via uma cidade de ligação. Chegada a Portugal ao final do dia.

FIM DA VIAGEM
 






Subscreva a nossa newsletter e receba as melhores ofertas e promoções

Consulte aqui alguns Sites e Informações úteis

Caso deseje esclarecer dúvidas peça mais Informações

Em cumprimento da lei nº 144/2015 informamos que para a resolução de conflitos de consumo deve ser contactada a comissão arbitral do Turismo de Portugal www.turismodeportugal.pt